EN
EN

A expansão dos originais internacionais

10/03/2017 | Fonte:

Kelly Luegenbiehl, diretora criativa dos Originais Internacionais da Netflix, apresentou um resumo dos projetos internacionais de produção própria nos mercados mais relevantes para a plataforma. Luegenbiehl, que no ano passado participou do RioContentMarket como executiva da área de conteúdos do canal de TV aberta americano ABC Entertainment, salientou o sucesso global do seriado ‘3%’, produzido no Brasil pela Boutique Filmes.

“A série atingiu uma audiência global. Para muitos, foi a primeira oportunidade de assistir a uma série brasileira. A segunda temporada vai entrar em produção na metade do ano e provavelmente estreará no começo de 2018”, ela adiantou. A Netflix se encontra preparando mais duas séries brasileiras que serão oferecidas no mundo todo:  ‘Samantha!’, em co-produção com Los Bragas (de Alice e Rita Braga), primeira comédia brasileira a ser exibida pela plataforma de streaming; e mais uma série sobre a Operação Lava-Jato, que será dirigida por José Padilha (‘Tropa de Elite’) e escrita por Elena Soares (‘Xingu’).

Luegenbiehl também se referiu às produções originais estreadas em outros mercados como Itália (‘Saburra’), Alemanha (‘Dark’) e Espanha (‘Las chicas del cable’, produzida por Bambu Productions). No entanto, a produção mexicana ‘Ingobernable’, protagonizada por Kate del Castillo (‘La reina del sur’) e produzida por Argos, é um dos exemplos de hibridização de gêneros permitido pelo entorno digital próprio da Netflix. “Ela consiste em um modelo base de telenovela, ao que adicionamos aspectos políticos de drama que não caberiam na TV linear”, concluiu a executiva.