EN
EN

Brasil e França assinam protocolo de cooperação para a produção para televisão e novas mídias

09/03/2017 | Fonte:

O Brasil, representado pelo diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel, e a França, representada por Frédérique Bredin, presidente do Centre Nacionale du Cinéma et de l’Image Animée, assinaram nesta quarta-feira (8) um protocolo de cooperação com a intenção de facilitar os trâmites para a produção para a televisão e novas mídias entre os dois países. Rangel contou que as conversas tiveram início há três anos. “Precisávamos remover obstáculos  à produção para televisão e novas mídias. Já há uma tradição no cinema. Estamos muito próximos para que os ministérios de Relações Exteriores dos dois países deem esse passo”, ressalta Rangel, lembrando que é um desafio importante dentro da política audiovisual brasileira ter acordos que possam ir além da produção para o cinema.

O diretor-presidente da Ancine destacou que o acordo gira em torno de eixos fundamentais, como a capacitação profissional, desenvolvimento de estratégias de combate à pirataria e intercâmbio de dados e informações.

Uma vez ratificado pelos ministérios de Relações Exteriores dos dois países, o  protocolo assinado hoje durante o RioContentMarket, coproduções audiovisuais entre os dois países terão mais facilidade de tornar as obras criadas em parceria produtos nacionais em cada território. Dessa forma, o mercado se abre em ambas as fronteiras, desde que os parceiros minoritários financiem ou produzam pelo menos 20% da obra audiovisual.