EN
EN

Coprodução entre Brasil e outros países é um dos assuntos do RioContentMarket

09/01/2017 | Fonte:

Coprodução internacional e como chegar até ela é um dos assuntos que serão explorados no RioContentMarket 2017, que acontece de 8 a 10 de março, no hotel Windsor Barra, no Rio de Janeiro. Um dos principais exemplos é a participação da keynote speaker Carrie Stein, vice-presidente-executiva da Entertainment One (eOne), que explora o tema a partir de sua experiência de coprodução entre canais. A eOne também apresenta painel no evento sobre a série ‘Ransom’, criada pelo produtor Frank Spotnitz, em parceria com o roteirista David Vainola, (Canadá), e encomendada pela TF1 (França) e pela Corus (Canadá), em parceria com a rede CBS (EUA) e RTL (Alemanha).

Durante os três dias de RioContentMarket, diversos players chegam ao evento com foco em coproduções, como o Hulu. Plataforma digital representada pelo executivo-sênior de desenvolvimento de conteúdo Aaron Klemanski, a empresa busca conteúdos variados, séries e minisséries para adultos, crianças e jovens. Já o Netflix, que lançou recentemente sua primeira série brasileira, ‘3%’, vai ao evento a procura de mais chances de coprodução com foco na América Latina e mercado hispânico dentro dos Estados Unidos. Ainda para conteúdo voltado ao mercado latino-americano, o colombiano Caracol Televisión tem interesse em projetos de coprodução para ficção. Já o francês Canal+ direciona sua procura por parcerias para documentários.

Canais, distribuidoras, produtoras e companhias de mídias digitais de todo o mundo, como Warner, HBO, Televisa, Channel 4, CJ E&M, 1TB4, EBS, Opera TV, Telewisza Polska, entre outros, já confirmaram presença no evento.

O RioContentMarket será nos dias 8, 9 e 10 de março de 2017, no Hotel Windsor Barra, Rio de Janeiro. As inscrições para o evento estão abertas. Mais informações aqui.